13 de Julho de 2009

Num lindo dia de sol, acordei bem cedo, tomei um pouco de café, comi alguma coisa para distrair o estômago. Depois saí, fui dar uma volta pelas ruas, quem sabe refrescar a cabeça. Logo, cheguei a algumas conclusões: quero ir à praia, quero o sol para mim. Eu quero abraçá-lo e niná-lo à tarde para seu grande sono.

 

À noite, volto para casa (sem o sol obviamente) e extremamente cansado. Acho que vou ler alguma biografia de cantor ou matemático interessante para relaxar, tomar um banho talvez. Não gosto da noite. Ela assusta-me; sempre traz más notícias. Não tenho o que fazer, ligo a disseminadora de tragédias (a voz do diabo).

 

A primeira notícia, jogada em minha face como pedras: a maldita cota para negros. Este assunto é bem pior que os terremotos, os furacões, as enchentes, a violência etc., que matam milhões de pessoas por ano. É bem pior que as excursões de Lula (que coincidentemente ou não causaram grandes catástrofes como o furacão Jeanne que devastou a República Dominicana e o Haiti; o incêndio florestal em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia; a infestação de gafanhotos em Cabo Verde e Guiné-Bissau e os tufões que castigaram a China.) por vários países. Lula é quase um cavaleiro apocalíptico. No entanto, o presidente não dá azar, é só uma coincidência.

 

Voltando para o trágico assunto, eu não consigo entender como que pessoas com formação acadêmica, muitas vezes com mestrado ou doutorado, acreditam nisso. Por exemplo, o ministro-chefe da secretaria especial de políticas de promulgação da igualdade racial, Edson Santos, ratifica que o programa de cotas dará grandes resultados. E ainda fala que os brancos têm uma dívida histórica com os descendentes de escravos.

 

Esse pensamento é retrógrado, pois com as cotas, os negros assumem sua inferioridade, sua incapacidade intelectual de competir de igual para igual. Tira deles o ensejo de libar do esforço, algo fundamental no desenvolvimento do ser vivo. No entanto, os problemas causados ao negro cotado podem ser irreversíveis, porquanto pode sofrer mais preconceito, causando nele o efeito bullying.

 

A outra questão é: “quem não for negro, no Brasil, que atire a primeira pedra” (excluíndo os estrangeiros ou filhos de estrangeiros nascido no Brasil, obviamente). Esse é o primeiro erro grave; nosso país é, relativamente, miscigenado – por exemplo – tenho características de negro, mas minha tez é cândida.

 

Essa ideia de cotas é tosca, uma vez que beneficia somente os negros, sendo que há “brancos” pobres. Estes competem de forma duplamente desleal, visto que os jovens do colégio particular têm uma boa preparação e os negros com as cotas; ou seja, os “brancos” pobres são arrasados em todas as situações.

 

Negros de todo meu Brasil, mirem-se nos grandes homens negros da história como Martin Luter king que chegou aonde chegou sem cotas. Estudou muito; era de família pobre. Chegou a doutor e ainda ganhou o prêmio Nobel da paz – um dos prêmios mais almejados do mundo; o outro é Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, Formado em direito pela Universidade de Harvard, um das melhores do mundo; eles são grandes homens negros!

 

Na verdade, contrariando também a ideia de cotas para pobres, o governo deveria investir na educação pública. Entretanto, por que ele não investe se é ele que tem o compromisso? A resposta é simples, não é interessante para o governo haver pessoas bem informadas sobre seus direitos (é muito esperto), uma vez que elas cobrariam mais dele (é a idade média, é mais fácil domar um selvagem a um filósofo).

 

Portanto, tudo é sinônimo de desvantagem e desigualdade. Isso provoca todo esse caos na educação. Esses projetos são uma farsa; eles existem para tirar as atenções do governo. Por que ele investe nesses projetos? Porque sabe que não vai solucionar a situação – é uma espécie de paliativo –, porém sabe que vai ludibriar os jovens e pessoas ingênuas.

publicado por poetaaaronlino às 14:29 link do post
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Depende do significado de sua abordagem... O crist...
então o cristianismo é perfeito como ideia?vc não ...
Você é muito jovem ainda...Dizer que Nietzsche não...
Por este texto, em que o universo caminha sempre d...
A teoria da evolução não exclui Deus? Então onde e...
Você não compreendeu nada ainda sobre o sábio e po...
Olha... nunca li tanto ABSURDO quanto essas "afirm...
Preciso falar com você gostaria agendar uma ...
Inesquecível.
Não exatamente, eu sou um simples filósofo e fui m...
blogs SAPO